Adicionar
CartografiaGeospatial - GISinovações

Escócia adere ao Acordo Geoespacial do Setor Público

O governo escocês e a Comissão Geoespacial concordaram que a partir de 19 de maio de 2020 a Escócia se tornará parte do Acordo Geoespacial do Setor Público recém-lançado.

Este acordo nacional agora substituirá o atual Acordo de Mapeamento da Escócia (OSMA) e os contratos Greenspace Scotland. Os usuários do governo escocês, compostos por 146 organizações membros da OSMA, agora acessarão os dados e a experiência do sistema operacional por meio do PSGA.

Eles se juntarão a membros do setor público da Inglaterra e País de Gales para acessar uma variedade de conjuntos de dados de mapeamento digital para toda a Grã-Bretanha, incluindo Endereçamento e Informações Rodoviárias. O PSGA também fornecerá suporte técnico aprimorado e acesso a novos dados no futuro.

O novo PSGA deve fornecer benefícios significativos que fornecerão informações para apoiar a tomada de decisões, aumentar a eficiência e continuar a apoiar a prestação de serviços públicos.

 De acordo com Steve Blair, CEO da Ordnance Survey, "Estamos muito satisfeitos que a Escócia tenha se juntado ao PSGA criando o primeiro acordo conjunto de GB para clientes em todo o setor público para acessar dados do sistema operacional."


"O PSGA oferece oportunidades interessantes tanto para o sistema operacional quanto para nossos clientes e estou confiante de que trará benefícios sociais, ambientais e econômicos significativos para a Inglaterra, Escócia e País de Gales".

Albert King, diretor de dados do governo escocês, disse: “O governo escocês dá as boas-vindas às oportunidades que o novo PSGA traz. “Este acordo garante a continuidade do acesso aos dados que suportam a prestação dos nossos serviços públicos num momento em que dependemos deles mais do que nunca”.

"Além disso, estende isso para abranger uma ampla gama de novos conjuntos de dados e serviços com potencial para melhorar significativamente os serviços públicos na Escócia, melhorando a tomada de decisões e economizando tempo, dinheiro e vidas".

O PSGA teve início em 1º de abril de 2020 e tem como objetivo beneficiar o setor público, empresas, desenvolvedores e academia.  Ao longo do contrato de 10 anos, o sistema operacional entregará a próxima geração de dados de localização para a Grã-Bretanha e transformará a maneira como as pessoas acessam, compartilham e inovam com dados geoespaciais.

 

Para mais informações visite www.os.uk/psga

 

Golgi Álvarez

Escritor, pesquisador, especialista em Modelos de Gestão Territorial. Participou da conceituação e implementação de modelos como: Sistema Nacional de Administração de Propriedades SINAP em Honduras, Modelo de Gestão de Municípios Conjuntos em Honduras, Modelo Integrado de Gestão de Cadastro - Cadastro na Nicarágua, Sistema de Administração do Território SAT na Colômbia . Editor do blog de conhecimento Geofumadas desde 2007 e criador da Academia AulaGEO que inclui mais de 100 cursos sobre temas GIS - CAD - BIM - Digital Twins.

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentário são processados.

Voltar ao topo botão