ALMS - como único modelo de domínio of Land Management - Colômbia

Resumo da apresentação feita por Golgi Alvarez e Kaspar Eggenberger no Congresso Andino de Geomática em Bogotá, em junho de 2016.

Requisito para o Cadastro Multiuso

Com a promulgação do Plano de Desenvolvimento Nacional 2014 - 2018 e a criação da Agência Nacional de ANT Terras, as perspectivas para a área de terra na Colômbia mudou consideravelmente e tem novos elementos para a construção de políticas de terras como eles são :

  • Descentralização do cadastro com a delegação de poderes ao nível territorial,
  • Externalização de implementar a manutenção estabelecimento e cadastral.
  • Para alcançar a coerência da informação pré-discográfica nas bases de dados do Cadastro e Registro,

A Modernização da Administração da Terra na Colômbia, financiada pela Cooperação Suíça (SECO), apoia diferentes processos de política de terra, incluindo o apoio à construção de um nó de administração de terras no âmbito do ICDE, o apoio à reestruturação e reorientação institucional do IGAC em relação ao seu novo papel como autoridade catastral, fortalecimento da política do Cadastro-Registro, aconselhamento para o quadro de referência geodésica e apoio à realização do Cadastro Multiuso.

O Modelo ALMS

Como um elemento inovador no quadro e tecnologias política, deu início a adoção da Norma Internacional de Administração de Terras chamado ISO-19152; conocI congresogeoLADM (Land Domain Administration Model). A incorporação dessa norma permite o equilíbrio entre a pressão gerada pela oferta tecnológica e a demanda por serviços por parte dos cidadãos em termos de gestão territorial sob uma abordagem integrada.

Atualmente ele tem construído uma primeira versão do ALMS núcleo modelo adaptado a lei colombiana incluindo modelagem, pelo menos:

  • As partes interessadas são esses grupos, indivíduos, corporações e entidades públicas relacionadas com a gestão da cadeia de direitos sobre a terra,
  • unidades administrativas que representam diferentes objetos territoriais, tanto de ordem pública e privada.
  • A lista de direitos, responsabilidades e restrições que existem entre objetos locais e propriedades cadastradas no Registo Predial.
  • As unidades espaciais e seus atributos, que existem nas informações cadastrais atuais e, que serão criados nos pilotos do Cadastro Multiuso para execução em breve.
  • A adoção da ALMS também inclui suporte para a Infra-estrutura de Dados Espaciais da Colômbia (ICDE), através da criação of Land Management Node, que servirá como base para a interoperabilidade dos elementos modelados no núcleo. Gradualmente, as diferentes instituições irão adaptar a ALMS em seus processos, garantindo a única referência a bens, direitos, pessoas e cargas que compõem a Gestão de engrenagem Sistema Terra Colombia Nacional.

INTERLIS para implementá-lo

ALMSUm dos instrumentos que está sendo usado para a implementação do LADM é o INTERLIS. Este é um modelos especializados para descrever dados geográficos, com formato de transferência e uma série de ferramentas que podem ser alcançados de validação, integração, gerenciamento e atualização de informações transacionais através de protocolos linguagem de interoperabilidade.

A recentemente desenvolvida formação de técnicos de diferentes instituições envolvidas no projeto sobre o uso de INTERLIS para modelagem, e desenvolveu uma versão do modelo ALMS colombiano nesta língua.

Os pilotos de cadastro multiuso

O projeto está apoiando o Codazzi (IGAC) e Superintendência Nacional de Registro (SNR) na construção de modelos, especificações técnicas e procedimentos para o desenvolvimento de Multipurpose Cadastro Pilots. Estou incluindo a implementação de um repositório para o armazenamento de dados cadastrais e de registro; com ferramentas de software livre que facilitam a construção, edição e publicação de dados, bem como ferramentas para a validação dos dados gerados através de execução terceirizada.

Além actividades técnicos e pedagógicos para diferentes processos de campo e laboratório de materiais de propriedade inquérito preparados.

Através da implementação do perfil de modelo ALMS colombiano descrito no INTERLIS, empreiteiros têm à sua disposição as ferramentas necessárias para preparar Congrekaspare entregar as informações levantadas no campo de acordo com o modelo padrão da norma ISO 19152. IGAC e SNR fará ferramentas disponíveis para verificação, ensaio e armazenamento de informações e documenta os resultados dos pilotos, para gerar lições aprendidas e melhorar a metodologia de avaliação de produtos de levantamento cadastral.

Mais informações sobre o Projeto em http://www.proadmintierra.info/

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentário são processados.